Nascida e criada em Portugal. Já morei na Polónia, no Brasil, na República Checa e agora é a Suécia que me acolhe.
O meu blogue, tal como o meu cérebro, é uma mistura de línguas. Bem vindos!

Born and raised Portuguese. I have lived in Poland, Brazil, Czech Republic and now I'm in the beautiful Sweden.
My blog, just like my brain, is a blend of languages. Welcome!

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Amazónia


A viagem à Amazónia foi a última que fizemos enquanto moradores do Brasil e sem dúvida a mais especial. Saímos de Manaus e a viagem até ao meio da floresta levou cerca de 4h, com várias paragens e foi feita de barco, de carrinha e ainda outro barco. Qualquer descrição que eu tente fazer do que vimos nunca será justa pois a beleza natural desta região é única e tira-nos o fôlego a cada instante. Além de toda a beleza natural, esta viagem tornou-se também inesquecível pelas experiências vividas, as pessoas que se cruzaram no nosso caminho e todos os momentos, conversas e aprendizagem que fizemos em conjunto. Mais do que uma viagem, a Amazónia foi uma experiência de vida... e que experiência!


A primeira paragem que fizemos foi para ver o encontro das águas dos rios Solimões (de água barrenta) e o rio Negro (de água escura e limpa), que devido às suas diferentes temperaturas e densidades não se misturam durante quilómetros. Este fenómenos é bem visível tanto de barco quanto do céu.


 Vitória-régis, para nós mais conhecidos como nenúfares. Não sei se se percebe na foto, mas são enormes, com um diâmetro de cerca de 1m.

 Enquanto esperavamos pelo último barco, paramos numa barraquinha no meio de nada para beber a melhor água de coco de sempre! O negócio é explorado por uma família de nativos super simpática, que moram ali perto.


O nosso barco era mais moderno que este, mas vê-se a continuação da estrada do outro lado. Na época seca o acesso é feito de carrinha, enquanto que na época de chuvas é feito de barco, pois a estrada está inundada. Pelo caminho a paisagem é única e alguns atalhos são no meio da floresta inundada, por entre os troncos das árvores.




A marca mais escura visível no tronco das árvores foi deixada pelo nível das águas do ano passado, que foi bem mais alto.



Ao longe são visíveis as casas construídas em estacas do Juma Lodge


Ficamos alojados no Juma Amazon Lodge, que  é um alojamento constituído por várias barracas construídas em cima de estacas, que fica nas margens rio Juma. Fomos no início de Maio, em plena época das chuvas, pelo que as águas do rio estavam cerca de 8 metros acima do nível que têm na época seca. O nível da água tem uma grande influência na vida dos moradores desta região, pois afecta também as vias de circulação. Por exemplo, para se chegar ao Juma Lodge na época seca, são precisas mais 2 horas extra, pois os atalhos criados pelas águas altas deixam de existir. 

 Sumo de Cupuaçu, uma fruta amazônica, para nos dar as boas vindas.

 Sala de convívio com mapas e livros sobre a diversidade de espécies na região

 O quarto com a varanda virada para o rio Juma

 Passagens entre as barracas, para a sala de convívio, o restaurante ou o pontão.

 No pequeno pontão


 Pontão visto do rio

 Barraquinha da sesta com a melhor vista do mundo...




As nossas saídas diárias eram feitas em pequenos grupos acompanhados por um ou dois guias e um capitão que controlava os barcos ou canoas a motor. 

 As cores do amanhecer. Mais do que as cores, o mais impressionante eram os sons que tornam o acordar da própria Amazónia numa experiência sensacional.




Um lugar mágico onde as águas do rio são grandes espelhos da natureza.

 Pôr do sol, igualmente mágico


Pôr do sol na frente da nossa casinha.

Apesar destas cores, sons e paisagens estarem sempre presentes, não passámos os dias de papo para o ar. Além de sairmos para observar e ouvir animais (pássaros, preguiças, etc.), as nossas actividades incluíram passeios no meio da selva, caça nocturna de crocodilos, pesca de piranhas, entre outras. Foram dias tão ricos em actividades e tão agitados que ao fim de quatro dias parecia que já moravamos ali há mais de um mês. Em breve conto mais.

3 comentários:

  1. Fotos fabulosas Sara. Deve ter sido uma viagem encantadora e especial!

    ResponderEliminar
  2. Foi uma viagem mesmo muito especial, que proporcionou momentos que se vivem uma vez na vida. Vou voltar à terrinha onde não tenho internet decente, mas assim que puder vou colocar mais fotos ;)

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

Adorava saber das vossas voltas. Escrevam!
I would love to hear more about you. Feel free to comment!